Categorias:

Verdade ou Mentira?

Por hoje ser 1º de abril, e ter muitas brincadeiras de mentirinha por aí, vou contar 4 histórinhas… e no final falo quais são as verdadeiras e quais não são.
Pode botar aí nos comentários se você acertou.

Para complicar um pouquinho, agora não vou falar nomes, apelidos e datas para vocês ficarem sem spoilers!! Só adianto que já que eu falo que a Segunda Guerra sempre entra nas histórias de aviação, então vamos contar histórias dessa época.

MANOBRAS DE UMA VIÚVA
Existiu um avião que tinha um apelido matador, e participou de dois combates vitoriosos sem disparar um só tiro! E pelo que se sabe ele tinha munições! Aos montes! Nos dois casos foram manobras que os pilotos fizeram que tornaram a operação um sucesso. Em uma das operações, cerca de 200 pessoas foram salvas! Em outra ocasião, ele perseguiu um caça inimigo até que o coitado se espatifou contra o oceano. Será que os inimigos tinham tanto medo assim do seu apelido matador? Verdade ou mentira?

AVIÕES COLIDEM no AR
Também tem a história que aconteceu em setembro de um certo ano em um certo local. Dois aviões que estavam em treinamento colidiram no ar. Os aviões envolvidos ficaram presos, um em cima do outro! Os motores do avião de cima pararam, porém os motores do que estava em baixo ainda funcionavam, e as duas aeronaves ainda voavam. Todos saltaram de paraquedas. Menos nosso herói que pilotava o avião de cima. Um Pouco antes ele descobriu que ainda conseguia algum controle naquela situação. Continuou a pilotar pousando em um campo. Todos sobreviveram, inclusive os dois aviões que voltaram ao serviço … Verdade ou mentira?

PILOTO MANCO
Era para ser um dia normal para um piloto da Segunda Guerra: decolar, combater e retornar *ou não*! Para esse piloto a história iria *caminhar* diferente. Durante um dos combates, derrubou só um inimigo. Quando resolveu retornar para a base atingiram seu avião que se partiu em dois!! O que sobrou da fuselagem caía sem controle. Ele tentou saltar mas não conseguiu. Sua perna estava presa nas ferragens. Sem alternativas, sobrou a última manobra: Com o cinto solto abriu o paraquedas e foi puxado pela força do ar. Sua perna foi arrancada acima do joelho. Mas a perna era a menor das preocupações, e ele pousou em segurança. Verdade ou mentira?

Vai deixando nos comentários qual história acha que mentira.