Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Emirates restabelece voos com 777 em áreas 5G nos Estados Unidos

A partir de sexta-feira (21), a companhia aérea planeja restabelecer suas operações com Boeing 777. (Imagem: Luís A. Neves)

A Emirates Airline restabelecerá o serviço programado para todos os seus destinos nos Estados Unidos até sábado (22), após notificações formais da FAA e da Boeing que levantam a restrição anterior às operações de aeronaves devido à possibilidade de interferência 5G com rádio altímetros, informou a companhia aérea na quinta-feira (20). A partir de sexta-feira (21), a companhia aérea planeja restabelecer suas operações com Boeing 777 para Chicago (ORD), Dallas Fort Worth (DFW), Miami (MIA), Newark (EWR), Orlando (MCO) e Seattle (SEA)

Os serviços da Emirates para Los Angeles (LAX), Nova York (JFK) e Washington, DC (IAD) permanecem inalterados. Os voos para Boston (BOS), Houston (IAH) e São Francisco (SFO), para os quais a companhia aérea havia implantado temporariamente Airbus A380 em 20 e 21 de janeiro, retornarão às operações do Boeing 777 em 22 de janeiro.  

A FAA, adicionou o Boeing 777 à sua lista de tipos de aviões com um dos cinco altímetros liberados. (Imagem: Luís A. Neves)

A companhia aérea também opera Boeing 777 Cargueiros para Chicago, Houston, Los Angeles, Columbus (CMH) e Aguadilla(BQN), Porto Rico.

Na quarta-feira (19), a FAA aprovou outros três modelos de altímetro para uso em aeroportos próximos a torres de celular onde as empresas de telecomunicações americanas AT&T e Verizon planejam ativar a banda C 5G, permitindo que 62% da frota comercial dos Estados Unidos realiza pousos de baixa visibilidade nesses aeroportos. Também adicionou o Boeing 777 à sua lista de tipos de aviões com um dos cinco altímetros liberados, que também incluem os modelos Boeing 717, 737, 747, 757, 767 e MD-10/-11 e Airbus A300, A310, A319 , modelos A320, A330, A340, A350 e A380.

Os voos para Boston (BOS), Houston (IAH) e São Francisco (SFO), para os quais a companhia aérea havia implantado temporariamente Airbus A380 em 20 e 21 de janeiro, retornarão às operações do Boeing 777 em 22 de janeiro. (Imagem: Luís A. Neves)  

No início da semana, a Emirates suspendeu seus serviços para Boston, Miami, Houston, Orlando, Seattle, Dallas, Newark Liberty, Chicago O’Hare e San Francisco com base no aviso da FAA e nas recomendações da Boeing sobre possíveis interferências entre as antenas 5G e as aeronaves. .  

“Pedimos desculpas pelo inconveniente causado aos nossos clientes pela suspensão temporária de voos para alguns de nossos destinos nos Estados Unidos”, disse o presidente da Emirates, Tim Clark. “A segurança sempre será nossa principal prioridade e nunca jogaremos nessa frente. Congratulamo-nos com o mais recente desenvolvimento que nos permite retomar as ligações de transporte essenciais para os EUA para atender viajantes e transportadores de carga. No entanto, também estamos muito cientes de que este é um adiamento temporário e uma resolução de longo prazo seria necessária. A Emirates continuará trabalhando em estreita colaboração com os fabricantes de aeronaves e reguladores relevantes para garantir a segurança e a continuidade de nossos serviços”, completou.

Na quarta-feira(19), Clark criticou os reguladores americanos por não terem resolvido a questão muito antes, chamando o processo de implantação do 5G de “totalmente irresponsável”.

Fonte: AINonline

+ do Blog Aviões e Músicas
logo aem site rodape 2

Um portal feito para leigos, entusiastas, curiosos, geeks, amantes de aviões, aeroportos e viagens.