Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Embraer vai expor equipamento militar no Chile

Embraer vai expor equipamento militar
A Embraer vai enviar para Santiago o KC-390, além do Super Tucano e de radares de vigilância de fronteira (Foto: Divulgação/Embraer)

Depois de ser cancelada em 2020, a FIDAE volta a acontecer em 2022, no Chile. A Embraer vai expor equipamento militar mais moderno na feira. Portanto, a fabricante vai mandar para Santiago o KC-390 e o avião de ataque e treinamento A-29 Super Tucano. Além disso, a Embraer vai promover seus radares SABER M60 e SABER M200 Vigilante.

De acordo com Jackson Schneider, CEO da Embraer Defesa & Segurança, a feira é muito importante para a empresa. “É uma satisfação estar de volta a este evento tão importante para o setor na América Latina, sendo uma ótima oportunidade para encontrar clientes, fornecedores e parceiros comerciais da indústria” disse o CEO. Segundo Schneider, mais de 60 países usam os produtos da Embraer, que vão muito além dos aviões. A companhia responde a demandas mundiais na terra, ar, mar e até em ambiente cibernético.

Aviões e Radares

Quem visitar a FIDAE vai ver de perto o avião multimissão KC-390. Usado pela FAB desde 2019, o avião pode transportar passageiros bem como cargas, além de realizar missões de abastecimento em voo. Recentemente, o KC-390 viajou à Áustria para resgatar refugiados da guerra na Ucrânia. Além do Brasil, Portugal e Hungria já compraram o novo avião.

Inclusive, falamos sobre essa missão do KC-390 nesta live:

YouTube player

Além disso, os visitantes vão ver de perto o A-29 Super Tucano. Um dos maiores sucessos de venda da Embraer, o A-29 voa hoje em 15 forças aéreas, incluindo Brasil, Equador, Chile e até Estados Unidos. Desta forma, o avião voa não só como modelo de ataque e interceptação, mas também como avião de treinamento e vigilância.

A Embraer vai expor os aviões bem como os radares que fazem a defesa das fronteiras do país. Por exemplo, o SABER M60, que monitora o céu a baixa altitude e o SABER M200 Vigilante, radar de vigilância e aviso aéreo antecipado.

Além da Embraer, outras empresas vão fazer parte da comitiva brasileira no Chile. Por exemplo, a Atech, que cria sistemas de comando, segurança cibernética e controle de tráfego aéreo. Já a Visona fornece produtos de sensoriamento remoto e comunicação via satélite. Além destas, a Tempest Security Intelligence vai participar da feira, oferecendo serviços de cibersegurança.

Apesar de não ter sido realizada em 2020, a FIDAE é a maior feira de aviação da América do Sul. A cada dois anos, o Chile recebe a feira que atrai milhares de visitantes, além de empresas do mundo inteiro. Neste ano, a feira vai acontecer entre 5 e 10 de abril no Aeroporto Internacional de Santiago do Chile.

Portanto, acompanhe nossas redes sociais para saber mais novidades da FIDAE 2022:

Twitter
Instagram
Facebook
TikTok

+ do Blog Aviões e Músicas
logo aem site rodape 2

Um portal feito para leigos, entusiastas, curiosos, geeks, amantes de aviões, aeroportos e viagens.