Categorias:

O clandestino que sobreviveu

No dia 20 de abril de 2014, a equipe de solo de um aeroporto no Hawaii, ficou surpresa ao encontrar um garoto meio atordoado e confuso vagando pelo pátio do aeroporto. Ih rapá …..
Já pensou, você vê uma pessoa sem crachá e sem uniforme andando pela rampa do aeroporto? Então, pegaram o menino e levaram pra polícia. Ele disse às autoridades que era de Santa Clara, Califórnia, e fugiu de casa na manhã do dia anterior com a intenção de ir para a Etiópia visitar a sua mãe. Ele não tinha carteira de identidade e carregava apenas um pente. E tinha vindo no trem de pouso do avião.
A história contada pelo garoto era difícil de ser levada à sério, mas câmeras de segurança filmaram o jovem etíope Yahya Abdi de 16 anos pulando do compartimento do trem de pouso esquerdo de um Boeing 767 da Hawaiian Airlines e um funcionário viu ele saindo da baía do trem e se dirigindo para a frente do avião.
Investigadores do FBI então entrevistaram o menino e concluíram que ele era apenas um fugitivo que saltou do trem de pouso do voo 45 da Hawaiian Airlines, para espanto da equipe de solo do Aeroporto Kahului, na ilha de Maui, provocando uma série de perguntas.
Como o garoto chegou ao compartimento do trem de pouso em Santa Clara? E como ele tinha sobrevivido?
O menino disse aos investigadores que se arrastou para dentro do compartimento das rodas do avião e perdeu a consciência quando o avião decolou. Uma hora depois que o avião pousou no aeroporto de Kahului, o garoto recuperou a consciência e desceu sendo visto pela equipe de terra.
Aí vem a pergunta mais intrigante: como um garoto de 16 anos sobreviveu a um voo de cinco horas em altitudes que atingiram 38.000 pés em um clima frio abaixo de zero e com pouco oxigênio sem morrer ou cair ?