Categorias:

Medo de Voar! Barulhos que ASSUSTAM!

Imagem do avatar de
Publicado por Equipe AeM

Já aconteceu com você de estar bem acomodado no seu assento, sentado na janelinha, de olhar pro lado pra apreciar a paisagem e levar um susto quando umas partes da asa começam a se mover?

Ou então, parece estar tudo pronto para a saída do seu voo, todos os passageiros sentados, portas fechadas e de repente você começa a ouvir um barulho alto e estranho, as pessoas ao redor se olham, mas o pessoal da tripulação tá lá de boa como se nada diferente estivesse acontecendo enquanto você está desesperado?

Bom pessoal, quem acompanha aqui o canal já está acostumado com as expressões flaps e slats, e se você tá chegando agora, dá uma olhadinha no episódio 289 – https://www.youtube.com/watch?v=GyWTE… onde a gente explica, inclusive com fórmulas matemáticas no maior estilo avgeek, pra que servem essas superfícies no avião. Mas como já faz um tempinho que a gente lançou esse vídeo, vamos relembrar aqui pra vocês o que são esses painéis que saem das asas (Flaps e Slats) e porque fazem barulho quando são acionados!

Os famosos flaps e slats são chamados, nos termos técnicos da aviação de “dispositivos hipersustentadores” ou seja, dispositivos que aumentam a sustentação do avião. A sustentação é proporcional à velocidade que o avião está voando. (se vcs quiserem entender um pouco mais sobre como é a “mágica” que faz o avião voar, deem uma olhada no episódio 209 https://www.youtube.com/watch?v=UpU6Q… ) Em altas velocidades, o avião está produzindo muita sustentação. Mas em baixas velocidades, ele precisa de uma ajudinha extra para manter uma certa quantidade de sustentação e não estolar. E as fases de baixa velocidade num voo são justamente nas manobras de decolagens e pousos. Apesar de a gente sentir toda aquela aceleração numa decolagem, acreditem, é uma das fases do voo com menor velocidade… para que as aeronaves possam operar de forma mais segura e eficiente, foram criados os flaps e os slats, que retardam o estol e ainda permitem decolagens e pousos em pistas mais curtas, e que mais carga seja levada, o que é muito importantes para as empresas aéreas.
Os flaps ficam na parte de trás da asa e os slats são essas fendas na parte dianteira da asa.